23 julho 2013

Sobre a contradição da escrita


Escrever a fantasia é dar vida,

Escrever a realidade é dar sentido.

Escrever a fantasia é dom,

Escrever a realidade é percepção.

Escrever a fantasia é carinho,

Escrever a realidade é capricho.

A mão que corre no papel ou no artefato do século XX manda nuvens para o céu.

E o céu encena nossas convicções para si, eternamente.

S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário