22 fevereiro 2013

UM PAÍS SEM MISÉRIA, é um País sem Miseráveis





Na última terça-feira (19), a presidente Dilma Rousseff anunciou a ampliação do programa Brasil Sem Misériainiciado em junho de 2011.
A iniciativa tem como objetivo reduzir a extrema pobreza em todo o País. Por meio de um mecanismo de Busca Ativa, utilizado desde o inicio do programa, mais de 2 milhões de pessoas foram localizadas e incluídas no cadastro do projeto, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social.
O governo considera como extrema pobreza as pessoas que possuem renda per capita mensal inferior a R$70. As famílias cadastradas no programa Brasil sem Miséria receberão um valor complementar para que cada pessoa atinja o valor que supera a linha da extrema pobreza.
 Portanto, na estatística estará aparentemente resolvido.
“Não conhecia o programa, eu acho que quando você dá dinheiro para as pessoas nunca sabe o que elas irão fazer com ele e nem sempre pode ser algo bom”, afirmou Danielle (21), estudante de Administração de Empresas. O desconhecimento da iniciativa do governo enfatiza a falta de ações do governo que possibilite a todos os brasileiros, num nível pleno de igualdade, saber e entender os projetos sociais em andamento. Entretanto, em época de eleição todos os projetos sociais, bons ou não, são relembrados através do ponto de vista que favorecer cada partido. 
“O governo parece estar mais preocupado em usar as estatísticas para mascarar a pobreza tanto para os gringos quanto para os próprios brasileiros, principalmente em época de eleição”, comenta Felipe (20), estudante de Sistemas da Informação. É evidente que esse complemento não irá acabar com a pobreza no País, a verdadeira diferença será percebida apenas nas estatísticas. O País tem necessidade de mudança, entretanto apenas dar o mirrado peixe não é o suficiente, seria preciso investir na educação básica.
Para Felipe o país está acostumado e acomodado, com o mesmo partido no poder executivo. “Se apenas um partido fica a frente do País, as coisas seguem sempre o mesmo rumo”. 
Enquanto isso Dilma Rousseff afirma que “Falta pouco para erradicar a miséria”
....Erradicar a miséria das estatísticas.
Não adianta dar de comer, sem ensinar ou proporcionar condições de que a pessoa consiga encontrar alimento por si próprio. 
Que cada um tenha suas próprias conclusões e o governo faça o que é necessário.


S. Olivx



Nenhum comentário:

Postar um comentário